"Transformando o modo de viver a vida."

Nosso coração começa a bater mais rápido, a respiração acelera, o suor começa a pingar do rosto e os músculos protestam sob o esforço físico. Essas são algumas das reações corporais que todos nós temos quando praticamos uma atividade física.

As reações são as mesmas tanto em quem pratica algo esporadicamente quanto naqueles que se exercitam regularmente, a única diferença é a intensidade em que acontecem. Elas ocorrem como resultado da ativação de vários grupos musculares para conseguir fazer o movimento.

Exercícios vigorosos exigem que o organismo desempenhe uma série de processos complexos para garantir a atividade muscular. Durante a musculação, por exemplo, o trabalho dos músculos é feito para mover os pesos. Já durante a natação ou corrida, os músculos trabalham com o objetivo de acelerar seu corpo e te manter em movimento.

Como o corpo funciona durante exercícios?

Quando praticamos atividades físicas intensas quase todos os esforços dos sistemas corporais são direcionados para auxiliar o trabalho dos músculos. Os batimentos cardíacos aumentam porque o coração está bombeando mais sangue para os músculos. Ao mesmo tempo, o estômago reduz suas atividades para poupar energia que pode ser utilizada pelos músculos. Todo o corpo trabalha de forma coordenada para garantir que os músculos tenham o melhor desempenho possível.

Os músculos atuam como uma espécie de motor para garantir a movimentação durante os exercícios físicos e buscam uma fonte de energia para gerar força, a ATP ou adenosina trifosfato. A energia é como um combustível do motor.

Para realizar a “queima” da ATP os músculos necessitam de oxigênio para realizar as reações químicas. Essas reações químicas geram resíduos metabólicos (ácido lático, dióxido de carbono) que também precisam ser eliminados. Como todo “motor”, o trabalho dos músculos gera calor, que também deve ser liberado.

Veja Também  Multivitamínico: Para que serve? Funciona? Devo tomar?

Sua capacidade de continuar se exercitando depende diretamente da produção contínua de ATP, ou seja, para isso o organismo precisa eliminar o calor e os resíduos e abastecer os músculos com oxigênio. Essas necessidades aumentam conforme a intensidade do exercício e quando não são atendidas você se sente exausto e precisa interromper o treino.

exercício acontece corpo

Mais emoção

Diversas reações químicas ocorrem no corpo humano enquanto praticamos um exercício físico. O organismo também recebe uma descarga de emoção, intensificada em esportes radicais. Essa descarga nada mais é do que reações bioquímicas que liberam três substâncias no cérebro: endorfina, adrenalina e dopamina.

A adrenalina é responsável por aquele frio na barriga antes da atividade física, pela expectativa. É uma substância química que garante duas reações fundamentais para a sobrevivência: lutar e fugir. Ela faz o coração acelerar, a boca ficar seca, as pupilas se dilatarem e o fluxo sanguíneo ser redistribuído.

A endorfina surge durante a prática e ajuda a amortecer o desconforto causado pela atividade e a dor de eventuais lesões. É ela quem faz muita gente perceber que se machucou só depois do treino.

Para finalizar, a dopamina age no centro de prazer existente no nosso sistema nervoso, garantindo aquela sensação de bem-estar e prazer quando terminamos de nos exercitar.

O que você achou da matéria? Deixe seu comentário!
Summary
O que acontece no corpo humano durante os exercícios físicos?
Article Name
O que acontece no corpo humano durante os exercícios físicos?
Description
O corpo humano trabalha como uma máquina bem lubrificada para que possamos nos exercitar. Quer entender os principais mecanismos que funcionam no nosso corpo quando nos exercitamos? Leia e descubra!
Author
Publisher Name
Essencial Mais
Publisher Logo